Heikin Ashi: como operar com candles 2.0

Trading Heikin Ashi: operando com candles 2.0

As famosas velas japonesas, bastante conhecidas pelos Traders, apresentam uma grande falha: elas não filtram o ruído do mercado. Isso pode resultar em falsos sinais, levando o investidor a cometer erros. Felizmente, outra abordagem “à japonesa” tenta resolver esse problema: o indicador Heikin Ashi.

Esse método se baseia em candles modificados, calculados a partir de médias de preços. Isso elimina o ruído do mercado, proporcionando uma interpretação mais clara dos movimentos de preços para facilitar a análise!

Aviso

O Trading expõe você a riscos de perda financeira exponenciais. Essa atividade é adequada para pessoas experientes, com perfil de investidor arrojado e, preferencialmente, com recursos financeiros que suportem os riscos e compreendam o funcionamento dos produtos negociados.

Altamente especulativas e particularmente complexas, as transações em instrumentos de câmbio (FOREX) e contratos por diferença (CFD) estão associadas a um nível ainda mais elevado de risco devido à possibilidade de alavancagem das posições.

Publicados para fins educacionais, os conteúdos do NewTrading não são, em nenhum caso, um aconselhamento em investimentos nem uma incitação a comprar ou vender ativos financeiros.

Compreendendo Heikin Ashi

Heikin Ashi, ou “barra média” em português, é um método de representação gráfica de preços. Desenvolvido no Japão, ele ganhou popularidade nas décadas de 1960 − 1970, principalmente devido à sua capacidade de suavizar os movimentos de preços nos mercados financeiros.

Este método difere dos clássicos candles japoneses pela sua abordagem única de calcular e apresentar os preços de abertura, fechamento, máxima e mínima.

As velas Heikin Ashi são calculadas através de médias de preços, reduzindo assim o ruído do mercado e tornando as tendências mais discerníveis.

Para os Traders, esse indicador simplifica a identificação de tendências e reversões, proporcionando uma valiosa assistência na tomada de decisões e na gestão de riscos.

Como funciona o Heikin Ashi?

O Heikin Ashi altera a aparência dos tradicionais gráficos de velas japonesas para proporcionar uma visão mais clara e suave das tendências do mercado.

Enquanto as velas tradicionais representam diretamente os preços de abertura, fechamento, máximo e mínimo de um determinado período, o Heikin Ashi transforma esses valores em médias, gerando uma imagem mais coesa dos movimentos futuros.

A construção de uma vela Heikin Ashi ocorre em quatro etapas principais:

  1. Preço de abertura

Calculado como a média do preço de abertura e fechamento da vela anterior.

  1. Preço de fechamento

Representa a média dos quatro principais preços (abertura, fechamento, máxima, mínima) do período atual.

  1. Preço mais alto

Corresponde ao máximo entre o preço mais alto atual, o preço de abertura Heikin Ashi e o preço de fechamento Heikin Ashi. 

  1. Preço mais baixo

Corresponde ao mínimo entre o preço mais baixo atual, o preço de abertura Heikin Ashi e o preço de fechamento Heikin Ashi.

As fórmulas para calcular cada componente de uma vela Heikin Ashi são:

  • Abertura = (abertura da vela anterior + fechamento da vela anterior) / 2
  • Fechamento = (abertura atual + fechamento atual + máxima atual + mínima atual) / 4
  • Máxima = Máximo (máxima atual, abertura Heikin Ashi, fechamento Heikin Ashi)
  • Mínima = Mínimo (mínima atual, abertura Heikin Ashi, fechamento Heikin Ashi)

Vantagens de desvantagens do Heikin Ashi

Vantagens do Heikin AshiDesvantagens do Heikin Ashi
Redução do ruído de mercado. As velas Heikin Ashi suavizam as oscilações de preços inerentes aos mercados financeiros.Atraso nos sinais. A suavização resultante do uso do Heikin Ashi pode causar atrasos nos sinais de negociação, o que pode ser um problema potencial em mercados altamente voláteis. 
Facilidade para identificar tendências. Elas proporcionam uma visão mais clara das tendências e reversões.Falta de detalhes. Os preços reais de abertura e fechamento são ocultados, sendo que essas informações podem ser cruciais.
Simplicidade visual. São menos complexas do que os tradicionais candles, sendo especialmente úteis para Traders iniciantes.Dependência de parâmetros. A eficácia do Heikin Ashi depende dos parâmetros e do período de tempo escolhido.
Melhor gestão de risco. Auxilia na manutenção de posições durante tendências fortes, reduzindo reações impulsivas.Potenciais falsos sinais. Em alguns casos, o Heikin Ashi pode gerar falsos sinais, especialmente na ausência de confirmação por outros indicadores.

Armadilhas comuns e dicas

Algumas situações podem comprometer a eficácia do Heikin Ashi:

  • Mercados laterais

Em mercados com pouca ou nenhuma tendência, o Heikin Ashi pode ser menos eficaz e fornecer falsos sinais.

  • Pontos de reversão de tendência

Os atrasos inerentes ao Heikin Ashi podem resultar na perda de pontos de reversão cruciais.

  • Volatilidade súbita

Em mercados voláteis, o Heikin Ashi pode não refletir rapidamente movimentos bruscos e significativos.

Para se proteger contra essas armadilhas, você pode combinar o Heikin Ashi com outros indicadores técnicos para confirmar os sinais observados.

Vale destacar que o Heikin Ashi é uma ferramenta de tendência e, como tal, pode não ser adequado para estratégias baseadas em movimentos de preços precisos.

Por fim, adapte a periodicidade dos gráficos à sua estratégia de Trading. Velas Heikin Ashi em intervalos de tempo mais longos podem ser mais confiáveis para identificar tendências duradouras.

Como ler e interpretar os gráficos de Heikin Ashi?

Anatomia de uma vela Heikin Ashi

Em um gráfico Heikin Ashi, os candles aparecem geralmente em duas cores principais (facilmente interpretáveis): candle verde e candle vermelho.

Interpretação das cores:

  • Candles verdes

Indicam movimentos de alta. Quanto mais longa a vela, mais forte é a tendência de alta. A ausência de sombra ou uma pequena sombra inferior sinaliza uma forte pressão compradora.

  • Candles vermelhos

Indicam um movimento de baixa. Uma vela vermelha longa sem sombra superior sugere uma forte pressão vendedora.

Significado das sombras:

  • Sombras superiores longas

Indicam resistência e uma possível conclusão da tendência ascendente.

  • Sombras inferiores longas

Indicam suporte e podem marcar o fim de uma tendência de baixa.

  • Ausência de sombras

Aponta uma tendência forte e dominante na direção da vela.

Uso de linhas de tendência com Heikin Ashi

Traçar linhas de tendência é muito útil para uma interpretação aprimorada dos gráficos Heikin Ashi. Essas linhas auxiliam na identificação e confirmação de tendências e configurações de reversão.

Desenho de linhas de tendência:

  • Conexão de pontos altos/baixos

Traçar uma linha entre os pontos altos para uma tendência de baixa e os pontos baixos para uma tendência de alta.

  • Respeito à inclinação

A inclinação da linha de tendência deve refletir a sua força. Uma inclinação acentuada sugere uma tendência forte.

  • Validação pelo volume

Confirmar a validade da linha de tendência observando um aumento no volume de negociação.

Reconhecimento de configurações de reversão:

  • Quebra da linha de tendência

Se uma vela atravessar a linha de tendência, isso pode indicar uma reversão desta última.

  • Mudança de cor após uma quebra

Uma mudança de cor das velas após a quebra da linha de tendência reforça o sinal de reversão.

  • Formação de padrões típicos

Padrões como “doji” ou velas com sombras longas podem indicar uma indecisão no mercado e uma possível mudança de tendência.

Estratégias de Trading com Heikin Ashi

Estratégias globais

Devido às informações que fornece aos Traders, o método de representação gráfica Heikin Ashi se alinha com diversas estratégias de Trading, como:

  • Identificação de tendências

O Heikin Ashi permite, acima de tudo, identificar mais claramente as tendências. As velas verdes indicam uma tendência de alta, enquanto as vermelhas sinalizam uma tendência de baixa.

  • Confirmação de tendências

Aguarde a confirmação de uma tendência, com várias velas da mesma cor, antes de tomar uma posição real. Isso reduz o risco de reagir a falsas tendências.

  • Pontos de entrada e de saída

Entrar em uma posição quando uma nova tendência se forma (por exemplo, após uma reversão indicada por uma mudança na cor das velas) e sair quando ela parece enfraquecer (como ocorre quando as velas começam a encurtar) é uma estratégia clássica com Heikin Ashi.

  • Combinação com outros indicadores

Combinar Heikin Ashi com outros indicadores técnicos (como médias móveis, RSI, etc.) possibilita uma análise mais abrangente e melhores sinais de Trading.

Identificação de Padrões

  • Dojis

Dojis (velas com um corpo pequeno) geralmente apontam uma indecisão no mercado. Em uma tendência, um doji pode sinalizar o enfraquecimento dela ou uma potencial reversão.

  • Velas com sombras longas

Velas com sombras longas superiores ou inferiores podem indicar uma rejeição de preços, ou uma luta entre compradores e vendedores.

  • Consolidação

Sequências de pequenas velas com pouca ou nenhuma sombra podem indicar um período de consolidação. Pode ser prudente aguardar uma quebra clara antes de entrar em posição.

  • Continuação

Figuras como bandeiras (duas linhas paralelas pequenas) podem indicar uma continuação da tendência atual, uma vez confirmada a quebra.

Combinação de Heikin Ashi com o Indicador MACD

A combinação de Heikin Ashi com o MACD (Moving Average Convergence Divergence) cria uma poderosa sinergia para analisar as tendências.

O MACD, composto por duas linhas (a linha MACD e a linha de sinal) e um histograma, ajuda a identificar o momentum do mercado. 

Um cruzamento da linha MACD acima da linha de sinal indica um momentum de alta, enquanto um cruzamento para baixo sugere um momentum de baixa.

Também é possível utilizar o MACD para confirmar as tendências identificadas pelo Heikin Ashi. Por exemplo, uma série de velas Heikin Ashi verdes combinada com um cruzamento de alta do MACD reforça um sinal de compra.

Por outro lado, divergências entre Heikin Ashi e o MACD podem sinalizar potenciais mudanças de tendência. Se o Heikin Ashi indica uma tendência ascendente, mas o MACD mostra uma divergência de baixa (o MACD não atinge novos picos enquanto o preço aumenta), isso pode indicar um enfraquecimento da tendência de alta.

Em resumo, o Heikin Ashi é uma técnica de representação gráfica de origem japonesa que foca em velas médias. Ele filtra o ruído do mercado financeiro, oferecendo assim uma visão simplificada e clara das tendências.

Embora ele forneça informações valiosas aos Traders, é recomendável combinar vários indicadores para uma visão mais abrangente do mercado, níveis de suporte e resistência, bem como indicações de tendência.

Para continuar progredindo no mundo do trading japonês, por que não aprender a operar com o indicador Ichimoku?

author

Maxime PARRA

Apaixonado pelo mercado financeiro, Maxime pratica day trading desde os seus 18 anos. Já ministrou mais de cem palestras e treinamentos em prestigiadas escolas de negócios e engenharia na Europa. Atualmente, ele é CEO da Syntax Finance, uma agência que acompanha as principais marcas do setor financeiro mundial em suas estratégias de marketing de conteúdo.

Conteúdos para ir mais longe

Backtesting de uma estratégia de Trading: Guia Completo

Backtesting: o simulador de voo dos Traders

Melhor prevenir do que remediar. Se investir em uma conta de demonstração já é uma ferramenta poderosa para progredir sem.

05/02/2024
Pullbacks: Entendendo e Utilizando-os no Trading

Pullback: Entendendo as Oscilações do Mercado

Se a imagem de um navio navegando rapidamente sobre as ondas ilustra perfeitamente a forte tendência de um mercado, observar.

02/02/2024
Indicador Renko: Compreendendo e Utilizando-o no Trading

Renko: como negociar com “tijolos”

Embora os gráficos de velas japonesas sejam muito populares entre os Traders, eles provavelmente enviarão sinais falsos relacionados aos ruídos.

30/01/2024