Backtesting: o simulador de voo dos Traders

Backtesting de uma estratégia de Trading: Guia Completo

Melhor prevenir do que remediar. Se investir em uma conta de demonstração já é uma ferramenta poderosa para progredir sem arriscar um único real, conseguir avaliar antecipadamente a eficácia de uma estratégia de Trading seria uma oportunidade valiosa.

Nesse sentido, o backtesting é a solução! Através de dados históricos, esse método de avaliação revela como uma estratégia teria se saído no passado. Não é magia, mas sim uma ciência precisa, fundamentada em dados e análises rigorosas.

Aviso

O Trading expõe você a riscos de perda financeira exponenciais. Essa atividade é adequada para pessoas experientes, com perfil de investidor arrojado e, preferencialmente, com recursos financeiros que suportem os riscos e compreendam o funcionamento dos produtos negociados.

Altamente especulativas e particularmente complexas, as transações em instrumentos de câmbio (FOREX) e contratos por diferença (CFD) estão associadas a um nível ainda mais elevado de risco devido à possibilidade de alavancagem das posições.

Publicados para fins educacionais, os conteúdos do NewTrading não são, em nenhum caso, um aconselhamento em investimentos nem uma incitação a comprar ou vender ativos financeiros.

Entendendo o backtesting

O backtesting atua como um simulador de voo para os Traders. Ele consiste em testar uma estratégia de negociação por meio de dados antigos para avaliar a sua eficácia.

Definitivamente, o backtesting responde uma pergunta crucial: se eu tivesse aplicado essa estratégia no passado, quais teriam sido os resultados?

Essa abordagem permite que os Traders validem suas estratégias de Trading antes de implementá-las no mercado real. Logo, reduz significativamente o risco, visto que proporciona uma visão informada do desempenho passado de uma estratégia de investimento.

Ao avaliar os ganhos e as potenciais perdas, os Traders podem ajustar e aprimorar as suas abordagens, aumentando assim suas chances de sucesso.

O backtesting também reduz o impacto emocional do Trading e ajuda a antecipar cenários de perda, uma informação fundamental para o gerenciamento de riscos e de capital.

Os objetivos do backtesting são diversos, entre os quais se destacam:

  • Identificar a viabilidade de uma estratégia, testando se ela teria sido lucrativa no passado.
  • Otimizar os parâmetros da estratégia, como pontos de entrada e saída ou o dimensionamento das posições.
  • Desenvolver uma compreensão detalhada do comportamento da estratégia em diversas condições de mercado.

Backtesting vs. Trading em tempo real

A diferença entre essas duas abordagens está principalmente relacionada à previsibilidade e à gestão das emoções.

O backtesting ocorre em um ambiente controlado, onde todas as variáveis são conhecidas e os dados históricos são fixos.

Em contrapartida, o Trading em tempo real é dinâmico e imprevisível, sujeito às oscilações do mercado financeiro e às reações emocionais dos Traders.

Enquanto o backtesting se baseia em dados passados, o Trading em tempo real requer uma adaptação constante às condições de mercado atuais e futuras.

Por que realizar o backtesting de sua estratégia de Trading?

A primeira razão (e a mais evidente) é avaliar a viabilidade de uma estratégia antes do Trading ao vivo. 

Essa abordagem permite verificar se a estratégia escolhida é capaz de produzir resultados positivos em diferentes condições de mercado, buscando assim reduzir o risco de falhas (potencialmente caras) em tempo real.

Outro motivo importante é compreender o impacto dos custos de transação na rentabilidade. 

As taxas de corretagem, spreads e slippage podem reduzir significativamente os lucros. O backtesting permite incorporar esses custos nas simulações para obter uma estimativa mais realista da rentabilidade líquida de uma estratégia.

Além disso, o backtesting auxilia no aprimoramento e otimização dos parâmetros da estratégia. Um Trader pode identificar a configuração mais eficaz para maximizar os lucros e minimizar os riscos testando diferentes combinações de parâmetros.

Ele também oferece uma maneira de testar a robustez de uma estratégia em face de diversas condições de mercado. Isso inclui períodos de alta volatilidade, tendências de alta ou baixa e eventos inesperados de mercado. 

Uma estratégia que se sai bem em uma variedade de cenários é mais propensa a ter sucesso no longo prazo.

Por fim, o backtesting desempenha um papel fundamental no gerenciamento de riscos. Ele permite aos Traders determinar o nível de risco associado a uma estratégia e ajustar suas abordagens para atender à sua tolerância ao risco e objetivos de investimento.

Os diferentes métodos de backtesting

Backtesting manual

A abordagem manual envolve a análise dos dados históricos do mercado. O Trader revisa os gráficos de preços passados, aplica manualmente a sua estratégia de negociação e registra os resultados das transações hipotéticas. 

Esse método exige atenção minuciosa aos detalhes e uma sólida compreensão dos movimentos de mercado, proporcionando uma compreensão aprofundada e intuitiva da estratégia em várias condições de mercado.

  • Vantagens: a abordagem manual concede controle total ao Trader no processo de backtesting, resultando em uma compreensão profunda de cada aspecto da estratégia e seu impacto nos resultados.
  • Desvantagens: essa abordagem é altamente demorada e suscetível a erros humanos. Além disso, pode não ser viável para testar grandes volumes de dados ou estratégias de negociação complexas.

Backtesting automatizado

O método automatizado utiliza softwares ou algoritmos para testar uma estratégia de negociação com base em dados históricos. O Trader programa ou utiliza uma ferramenta que simula transações automaticamente com base nas regras relacionadas à estratégia.

Esse método possibilita o processamento rápido de grandes volumes de dados, proporcionando uma análise abrangente do desempenho da estratégia ao longo de períodos extensos e em vários cenários de mercado. Contudo, ele exige habilidades em programação e compreensão de softwares de Trading.

  • Vantagens: a automação permite que estratégias de Trading sejam testadas em grandes conjuntos de dados com rapidez e precisão. Ela reduz erros humanos e permite testar vários parâmetros simultaneamente.
  • Desvantagens: esse método pode levar à otimização excessiva das estratégias, levando a uma adaptação demasiada aos dados históricos. Ele também exige habilidades específicas.

Simulação do backtesting

A simulação do backtesting é geralmente realizada com o auxílio de softwares de Trading que criam um ambiente de mercado simulado. 

Essa abordagem permite que o Trader teste a sua estratégia em tempo real em um mercado fictício, proporcionando uma experiência mais dinâmica e interativa.

Os softwares de simulação podem reproduzir diversas condições de mercado, permitindo que o Trader se ajuste às mudanças em tempo real. Isso resulta em uma compreensão mais prática da reatividade e flexibilidade da estratégia diante das oscilações do mercado.

  • Vantagens: a simulação, frequentemente realizada por meio de softwares de Trading, possibilita a criação de cenários de mercado realistas para testar estratégias, oferecendo uma visão mais dinâmica das interações de mercado.
  • Desvantagens: um ambiente de simulação pode não refletir precisamente todos os aspectos do mercado real, e os cenários gerados podem ser excessivamente idealizados ou distantes das condições reais.

Quadro comparativo das diferentes metodologias de backtesting:

CritérioBacktesting ManualBacktesting AutomatizadoSimulação
PrecisãoMédiaAltaVariável
RapidezBaixaMuito altoAlta
ControleTotalModeradoModerado
FlexibilidadeElevadaVariávelVariável
CustoBaixo a moderadoVariávelModerado a elevado
Risco de erroElevadoBaixoModerado
Habilidades necessáriasAnálise de mercadoProgramaçãoUso de software

Ler e interpretar os resultados do backtesting

Os principais indicadores de desempenho (KPIs) e métricas fornecem informações essenciais aos Traders sobre o potencial de sucesso de sua estratégia:

Este KPI mede o retorno ajustado ao risco de uma estratégia. Um índice alto indica que a estratégia gera um bom desempenho para um determinado nível de risco. Ele é particularmente útil para determinar se os retornos mais elevados justificam o risco adicional.

  • Drawdown máximo

O drawdown máximo representa a maior queda no valor da carteira. Ele é importante para avaliar a resiliência da estratégia em períodos adversos de mercado.

  • Índice de ganhos/perdas

Este índice compara o número de negociações vencedoras com as perdedoras. Uma estratégia pode ter uma baixa taxa de vitória, mas ser lucrativa se os ganhos por Trade forem significativamente mais altos do que as perdas.

  • Índice de rentabilidade

Ele calcula a proporção entre o total de vitórias e derrotas. Um índice maior que 1 indica uma estratégia global lucrativa.

  • Consistência dos resultados

A análise dos resultados em diferentes intervalos de tempo ajuda a determinar a consistência da estratégia. Uma estratégia eficaz deve apresentar um desempenho estável durante vários períodos de tempo.

  • Análise de negociações simuladas

Examinar cada negociação simulada ajuda a identificar padrões recorrentes, como em quais condições de mercado a estratégia tem melhor desempenho e vice-versa. Isso ajuda a entender como a estratégia se comporta em cenários específicos de mercado.

  • Comparação com o benchmark

Comparar os resultados da estratégia com um benchmark relevante (como um índice do mercado de ações) permite contextualizar o seu desempenho em relação ao mercado global.

Armadilhas a serem evitadas durante o backtesting

Overfitting ou otimização excessiva

Um dos principais riscos do backtesting é o overfitting, quando uma estratégia é tão ajustada a dados históricos específicos que perde a sua eficácia em condições reais de mercado.

Para evitar isso, é importante não incluir muitas variáveis ​​ou parâmetros complexos na estratégia. Uma abordagem sólida utiliza dados de validação cruzada, onde a estratégia é testada em diferentes conjuntos de dados para verificar a sua estabilidade e consistência.

A fragilidade da estratégia

A robustez de uma estratégia é a sua capacidade de permanecer eficaz em diversos cenários de mercado. Uma estratégia robusta deve, portanto, apresentar um bom funcionamento em condições variadas e durante longos períodos de tempo.

Para testar a robustez de uma estratégia, é aconselhável utilizar extensos períodos de backtesting e testá-la sob diversas condições de mercado, incluindo períodos de elevada volatilidade e crise.

Mas atenção: o backtesting não pode prever o desempenho futuro com precisão e não espera que os resultados passados ​​se repitam exatamente no futuro. 

Prudência, flexibilidade e avaliação contínua são essenciais para evitar as armadilhas do backtesting e desenvolver uma estratégia de Trading viável e sustentável.

O processo de backtesting permite que os Traders testem a eficácia da sua estratégia de negociação usando dados históricos, reduzindo assim o risco de falhas dispendiosas nos mercados reais.

No entanto, mesmo com uma estratégia cuidadosamente “testada a posteriori”, investir nos mercados financeiros nunca é uma atividade 100% segura ou vencedora. Por isso, procure conhecer e compreender os 7 riscos do Trading.

author

Maxime PARRA

Apaixonado pelo mercado financeiro, Maxime pratica day trading desde os seus 18 anos. Já ministrou mais de cem palestras e treinamentos em prestigiadas escolas de negócios e engenharia na Europa. Atualmente, ele é CEO da Syntax Finance, uma agência que acompanha as principais marcas do setor financeiro mundial em suas estratégias de marketing de conteúdo.

Conteúdos para ir mais longe

Pullbacks: Entendendo e Utilizando-os no Trading

Pullback: Entendendo as Oscilações do Mercado

Se a imagem de um navio navegando rapidamente sobre as ondas ilustra perfeitamente a forte tendência de um mercado, observar.

02/02/2024
Trading Heikin Ashi: operando com candles 2.0

Heikin Ashi: como operar com candles 2.0

As famosas velas japonesas, bastante conhecidas pelos Traders, apresentam uma grande falha: elas não filtram o ruído do mercado. Isso.

01/02/2024
Indicador Renko: Compreendendo e Utilizando-o no Trading

Renko: como negociar com “tijolos”

Embora os gráficos de velas japonesas sejam muito populares entre os Traders, eles provavelmente enviarão sinais falsos relacionados aos ruídos.

30/01/2024