O lado oculto dos aplicativos de Trading gratuitos 

Aplicativos de Trading Gratuitos: Oportunidade ou Golpe?
  • Blog
  • Trading
  • O lado oculto dos aplicativos de Trading gratuitos 

Seguindo os passos do pioneiro Robinhood, várias plataformas de negociação digitais surgiram oferecendo Trading “gratuito”

A tendência ganhou força com a entrada de gigantes do mercado, como a Vanguard e seus 6 trilhões de dólares em ativos sob gestão, e tem atraído um número crescente de investidores nos últimos anos.

Mas como esses aplicativos de Trading gratuitos geram receita? Seus interesses estão realmente alinhados com os de seus clientes? Siga a leitura e veja nossas explicações.

Aviso

O Trading expõe você a riscos de perda financeira exponenciais. Essa atividade é adequada para pessoas experientes, com perfil de investidor arrojado e, preferencialmente, com recursos financeiros que suportem os riscos e compreendam o funcionamento dos produtos negociados.

Altamente especulativas e particularmente complexas, as transações em instrumentos de câmbio (FOREX) e contratos por diferença (CFD) estão associadas a um nível ainda mais elevado de risco devido à possibilidade de alavancagem das posições.

Publicados para fins educacionais, os conteúdos do NewTrading não são, em nenhum caso, um aconselhamento em investimentos nem uma incitação a comprar ou vender ativos financeiros.

Se for gratuito, o produto é você

As corretoras digitais não trabalham de graça. Como qualquer empresa, elas precisam ter uma ou mais fontes de receita para financiar as suas atividades. 

Se esse dinheiro não vier diretamente da sua base de clientes, ele certamente virá de outro jeito, que pode ser menos claro ou até enganoso.

Ainda que esses aplicativos sejam fiscalizados de perto pelos órgãos reguladores, eles nem sempre dizem claramente quais dos seus serviços são gratuitos. Em geral, apenas oferecem negociações sem “taxa de corretagem”.

A seguir, veja algumas fontes de receita alternativas das corretoras com “taxa zero”:

  • Juros. O dinheiro parado nas contas de Trading dos usuários é usado pela corretora para gerar juros. Quando eles chegam a cerca de 5%, o ganho financeiro pode ser expressivo!
  • Empréstimo de margem. Quando os investidores operam com alavancagem, as corretoras cobram juros como pagamento pelo dinheiro emprestado para financiar as suas posição.
  • Taxas adicionais. A corretora pode cobrar taxas extras para o investidor ter acesso a determinados serviços. Por exemplo, um plano mensal que rende juros sobre o saldo parado na conta.
  • Empréstimo com lastro em ativos. Nesse caso, a corretora utiliza os ativos dos clientes como garantia para obter recursos para suas operações. Esse método pode comprometer a saúde financeira da corretora, especialmente em momentos de crise.
  • Comissão por direcionamento de ordens. Quando a corretora encaminha as ordens de bolsa dos seus clientes para um formador de mercado (market maker), ela pode receber uma comissão. Trata-se de uma forma indireta de aplicar taxas de corretagem ocultas aos seus clientes.

Portanto, nem tudo é perfeito no Trading gratuito. Ao abrir mão de uma conta remunerada, as pessoas podem ganhar menos, se deparar com taxas ocultas ou até mesmo serem prejudicadas por conflitos de interesses.

Apesar dos esforços dos reguladores em informar os investidores sobre os riscos dessas ofertas, a sedução do marketing “gratuito” muitas vezes ofusca a compreensão desses mecanismos complexos.

A vingança das plataformas de Trading pagas

A gratuidade ilusória de algumas corretoras com “taxa zero” é um problema para os seus clientes?  Não, se eles estiverem totalmente cientes dos custos envolvidos. Porém, na prática, poucos têm plena consciência do que estão sacrificando.

Por exemplo, além de saber que a corretora está lucrando às suas custas, o usuário deve estar ciente de que o pagamento por fluxo de ordens também afeta a qualidade de execução. Afinal, os preços de compra podem estar ligeiramente supervalorizados e os de venda, um pouco desvalorizados.

Numa única transação, a perda pode parecer insignificante, mas para um Trader ativo o custo pode ser bem elevado ao longo de um ano!

Ansiosos por profissionalizar suas negociações, muitos investidores, inicialmente atraídos por aplicativos de Trading “gratuitos”, agora estão optando por plataformas de negociação pagas, que, embora mais caras, são mais transparentes e alinhadas com os seus interesses.

Os aplicativos de Trading gratuitos podem ser atrativos, especialmente por seu caráter lúdico, ideal para os primeiros passos no Trading. No entanto, essa gratuidade pode sair cara. Portanto, fique atento!

author

Maxime PARRA

Apaixonado pelo mercado financeiro, Maxime pratica day trading desde os seus 18 anos. Já ministrou mais de cem palestras e treinamentos em prestigiadas escolas de negócios e engenharia na Europa. Atualmente, ele é CEO da Syntax Finance, uma agência que acompanha as principais marcas do setor financeiro mundial em suas estratégias de marketing de conteúdo.

Conteúdos para ir mais longe

O que é Trading? [Guia do Trader iniciante de 2024]

Tudo o que você precisa saber sobre o Trading

O Trading consiste na compra e venda de ativos no mercado financeiro. Siga conosco neste guia gratuito destinado aos Traders.

25/02/2024
10 principais índices mundiais

10 principais índices mundiais

Você tem curiosidade em saber quais são os principais índices mundiais? Então você está no melhor conteúdo sobre o assunto..

23/02/2024
20 principais bolsas de valores no mundo

20 principais bolsas de valores no mundo

Tem interesse em descobrir quais são as principais bolsas de valores no mundo? Siga o texto e confira a coletânea.

23/02/2024